top of page

O que um diagnóstico organizacional pode fazer pela sua empresa?

Atualizado: 26 de mar.


computador com diagnóstico organizacional na tela

Crescer faz parte dos objetivos de praticamente qualquer empresa. Escalar as operações, aumentar o faturamento, ganhar mais mercado, ficar na frente dos concorrentes, quem não quer?

Só que é aí onde entra o problema. 

Dar o pulo do gato e crescer sem saber se o seu negócio é capaz de fazer isso sem se complicar depois pode comprometer tudo o que vocês fizeram de bom até agora. 

Antes de aumentar o tamanho da sua organização ou de decidir escalar e atender a uma maior demanda, é preciso que vocês saibam se são capazes disso e façam um diagnóstico organizacional

Acontece que quem está imerso no dia a dia de uma empresa nem sempre é capaz de enxergá-la de forma clara. 

A boa notícia é que o seu negócio não precisa descobrir tudo sozinho. 

Há formas e métodos de diagnósticos organizacionais capazes de entregar mais do que uma foto, e sim um filme, sobre suas condições atuais para você se preparar para o futuro. 

Confira, na sequência, tudo que você precisa saber para sua organização se tornar um gigante no seu segmento.

Tipos de diagnóstico organizacional

Existem diversos tipos de relatórios de análise empresarial, dependendo dos objetivos, da área de atuação e do porte da empresa. 

Alguns dos tipos tradicionais são: análise SWOT, relatórios de análise financeira, relatórios de análise de risco e relatórios de análise de feedback do cliente. 

É inegável que a análise SWOT é uma ótima ferramenta, mas também tem algumas limitações. 

Uma vez que a análise SWOT não é uma análise de terceiros, é difícil evitar a subjetividade. A SWOT também é muito suscetível de induzir as organizações a entender as coisas de forma mais simples do que elas realmente são. 

Já quando falamos de relatórios de análise financeira, eles são muito bons  para avaliar a rentabilidade de uma empresa, mas pecam em algumas questões.

Por exemplo, um relatório de análise financeira vertical não fornece informações sobre a relação entre diferentes itens da demonstração financeira ou sobre o impacto de fatores externos.

Os métodos tradicionais funcionaram por muito tempo, mas hoje em dia, o poder dos algoritmos mudou o jogo e melhorou consideravelmente as possibilidades de diagnósticos organizacionais.

Como você ainda vai ver, no último tópico deste artigo, há formas mais simples, rápidas e eficientes de traçar um panorama da situação atual da sua empresa.

Objetivos do diagnóstico organizacional

Se a gente te perguntar como está a saúde da sua organização, quais áreas precisam melhorar e onde vocês têm deficiências, as respostas vêm num piscar de olhos ou você só consegue ir até certo ponto?

Outras perguntas que você pode fazer antes de dar aquele boom na sua empresa podem ser:

  • Minha governança está madura?

  • Como preparo minha gestão para o crescimento?

  • Será que preciso contratar executivos?

  • O que dá mais (ou menos) valor à minha proposta?

  • Será que meus fornecedores vão suportar o meu crescimento?

E quanto mais você se aprofunda nesses questionamentos, mais dúvidas vão surgir. 

O objetivo de um diagnóstico organizacional é orientar empresas a enfrentar seus problemas relacionados com desempenho e performance, recursos humanos e financeiros, alinhar suas estratégias e saber como direcionar seu marketing. 

Em outras palavras, por meio de um diagnóstico, sua empresa ganha uma análise aprofundada dos processos internos e externos

Assim, você tem como receber recomendações-chave, que ajudam a identificar com precisão quais são as suas deficiências para então começar a implementar as soluções mais eficientes para cada uma.

Fazendo uma analogia simples: você pode até estar se sentindo bem, e acreditar que pode correr uma maratona. 

E talvez até consiga correr uma parte, mas se não estiver preparado por profissionais do esporte, treinadores e médicos que avaliem as suas condições antes da corrida, o risco de alguma coisa sair errado é muito alto. 

Ou seja: antes de forçar tudo que você construiu até agora até seus limites, fale com um especialista e veja o que é preciso fazer para cruzar a linha de chegada. 

Etapas de um diagnóstico organizacional

Chegou a hora de identificar suas áreas de excelência, suas deficiências, ter dados relevantes para embasar sua tomada de decisões e criar os  fundamentos para o desenvolvimento do planejamento estratégico.

Mas, como entender qual é a sua fase de vida para ter uma governança correta? De que tipo de análise preciso para ter um plano claro e com iniciativas perfeitamente acionáveis?

Um pouco mais acima, vimos quais eram os tipos de diagnósticos organizacionais mais tradicionais, lembra?

Os métodos antigos nem sempre resolvem o seu problema, e costumam demorar muitíssimo tempo para entregar algum tipo de orientação. 

Aqui na Raisy, a gente descobriu que dá pra fazer diferente. 

Por exemplo, para avaliar uma empresa, o nosso método integra três dimensões essenciais para o sucesso de uma empresa:

Fase da Vida

O objetivo desta análise é compreender em que fase de vida a empresa se encontra, a fim de identificar seus desafios e os recursos necessários para superá-los. 

Cada fase da vida de uma empresa apresenta particularidades e demandas específicas, como recursos e habilidades necessários para uma gestão eficaz do negócio. 

Gestão e Governança

O objetivo deste diagnóstico é avaliar a eficácia da gestão e governança da empresa em cinco áreas fundamentais: informações e dados, gestão, inovação, governança e ESG (Environmental, Social and Governance). 

Com base nas conclusões do diagnóstico, é possível elaborar um plano de ação específico para aprimorar as práticas de gestão e governança da empresa, tornando-a mais competitiva no mercado.

Valor e Performance

Por último, e não menos importante, faremos uma análise para que a sua empresa avalie a sua posição no mercado e verifique como está sua performance.

Aqui, são analisados diferentes aspectos da empresa, tais como:

  • o mercado e o problema que vocês solucionam;

  • sua proposta de valor e o produto oferecido;

  • seu time e as pessoas envolvidas no seu negócio;

  • o crescimento e a tração do negócio; 

  • bem como a análise dos dados financeiros comparados com o mercado.

Como a Raisy entrega tudo isso para você? De forma muito simples, em 4 etapas:

Diagnóstico Raisy

#01 Realização do Assessment: Preencha um formulário com seus objetivos e os dados do seu negócio.

#02 Definição do nível de maturidade: os algoritmos da Raisy calculam os resultados e apontam um diagnóstico de Fase & Vida, Gestão & Governança e de Valor & Performance.

#03 Relatórios e comparativos:  combinamos as análises das 3 dimensões e geramos um relatório que proporciona uma visão completa da situação da sua empresa.

#04 Direcionamento de Prioridades: receba o relatório final que irá direcionar as ações prioritárias para elevar a maturidade da empresa focando no seu objetivo.

Nosso método é o mais rápido do mercado e indica ações claras para você aumentar o valor de sua empresa, garantindo assim confiança e consistência para avaliação da qualidade do negócio. 

Melhor ainda: você pode fazer um teste em nossa página. Não espere mais, entre em nosso site e teste totalmente gratuito agora!




Comments


bottom of page