top of page

Escalabilidade: como fazer a sua empresa crescer?

Atualizado: 26 de mar.


profissional pensando sobre escalabilidade

Talvez você tenha acabado de ter uma ideia de negócio que vai mudar a sua vida para sempre. Talvez você já esteja funcionando há mais de cinco anos e começou a perceber que seus processos têm algumas falhas.

Pode ser também que sua empresa funciona muito bem e vocês decidiram que chegou a hora de dar um salto em direção ao crescimento escalável e conquistar mais mercados.

Independentemente de seu estágio, esteja você na estaca-zero ou mais à frente, se a sua ideia é criar um negócio escalável e de sucesso, é preciso saber se a sua empresa está realmente preparada para isso.

No post de hoje, vamos falar sobre como você pode avaliar o valor e a performance do seu empreendimento. Siga com a leitura!

O que é escalabilidade do negócio? 

Falando em termos simples, a escalabilidade, no âmbito dos negócios, é definida como a capacidade que uma empresa tem de se adaptar ao aumento da demanda de seus produtos ou serviços. 

Esse movimento pode tanto ser motivado pelo interesse da organização em aumentar seu faturamento como na hora em que o mercado muda e você precisa se adaptar. 

Na prática, para escalar, um negócio precisa expandir as suas operações, recursos e ajustar todos os seus processos para que a procura dos clientes e do mercado em geral seja satisfeita.

E quando falamos de aumentar a capacidade de entrega em intervalos de tempo reduzidos, não podemos esquecer que a qualidade da sua proposta de valor não pode ser sacrificada.

Quando a sua empresa tem a certeza de que é escalável, você sabe que vai conseguir lidar com o crescimento sem passar por interrupções ou dar de cara com gargalos. 

Ser escalável é aumentar a produção sem problemas, ter a capacidade de expandir os seus serviços aos clientes e modificar suas estratégias de marketing para chegar a públicos muito, mas muito mais amplos. 

Características de um negócio escalável

A ideia de escalar a empresa é algo que orbita o pensamento de qualquer empreendedor. 

O mais provável é que, todos dias, entre operações e decisões típicas da rotina, uma pergunta não saia de sua cabeça: "como faço para escalar meu negócio?". 

Acontece que essa não é a única dúvida. Ela costuma vir acompanhada de outras, tipo:

  • Será que minha governança está madura?

  • Como estará minha performance em relação ao mercado?

  • Quais são meus pontos fortes e pontos fracos?

  • A minha gestão está preparada para o crescimento?

  • O que me dá mais, ou menos, valor?

Identificou algo que passa pela sua mente? 

Então, você sabe que a lista é muito mais longa e seria óbvio dizer que, como cada empresa é um mundo à parte, as respostas vão depender da sua abordagem de vendas, do seu modelo de gestão, das dimensões de seu negócio, da quantidade de clientes, entre outros fatores.

Mesmo assim, quando o assunto é escalabilidade, podemos destacar algumas características que se aplicam a qualquer negócio, independente de seu segmento ou porte.

Em outras palavras, seja para quem oferece uma solução baseada em SaaS (Software as a Service) ou para os que oferecem produtos, podemos destacar algumas características comuns em empresas escaláveis. Segue conosco e veja quais são. 

Principais características de um negócio escalável

Como dissemos, um modelo de negócio escalável muda de acordo com a empresa. 

Para alguns, pode funcionar como um produto ou serviço autônomo, capaz de ser administrado de forma remota, como quando você precisa que seu modem seja reconfigurado e liga pra assistência técnica e resolve tudo online. 

Já para outros, pode ser um modelo com uma barreira de entrada baixa, tipo o AirBnb, que vai funcionar sempre que as pessoas queiram um lugar para se hospedar quando viajam e querem fugir de hotéis. 

O "quê" é importante, mas ainda mais relevante é o "como" o seu negócio funciona. Veja algumas características fundamentais para a escalabilidade das suas operações:

#01 Uma ideia que funcione

Você pode ter os melhores talentos, muito dinheiro na conta e um mercado ao qual apontar, mas se a sua ideia não fizer sentido, vai ser difícil escalar ou crescer. 

#02 Um time de primeira

A verdade é que equipes de poucas pessoas são as mais difíceis de escalar. Mais ainda, não é só contratar mais pessoas que tudo vai dar certo., você tem que encontrar as pessoas certas. 

Sem profissionais competentes, aos quais você possa delegar os maiores desafios, seu caminho vai ser mais acidentado e, mesmo trabalhando muito, pode ser que sua jornada só vá até certo ponto do trajeto. 

#03 Processos documentados

Ao contrário do que alguém possa supor, documentar processos não engessa a estrutura nem deixa a sua empresa menos eficiente. 

Aliás, muito pelo contrário. Com processos documentados, você inclui novos membros nas equipes com mais facilidade, tem menos interrupções nas operações e evita erros. 

#04 Fluxo de caixa

Nem todo mundo pode escalar alavancado por dívidas, investidores-anjo ou aquela ideia matadora. 

A grande verdade é que, sim, você vai precisar de dinheiro fluindo e, se a sua receita não for consistente com a sua vontade de escalar, é preciso começar a encontrar novas formas de gerar receita. 

Poderíamos seguir falando das características de um negócio escalável, mas que tal passar para a melhor parte do post de hoje? 

Como descobrir se o seu negócio é escalável? 

Lembra das perguntas que todo empreendedor faz quando se questiona se o seu negócio é escalável? 

Sobre isso, a resposta é simples: para saber aonde você quer chegar, é preciso saber onde você está. 

É aqui que um diagnóstico é capaz de aumentar o valor da sua empresa e entregar todas as respostas que você busca.

Mas, como ter orientações claras para ações efetivas de escalonamento? Como ter a melhor percepção sobre os principais gargalos da sua empresa e que impedem que ela cresça?

Nosso diagnóstico faz tudo isso por você e valida se a empresa está preparada para escala. Como? Avaliando o tamanho de mercado, a sua proposta de valor, o seu produto ou serviço, entre outros aspectos-chave do seu negócio.

Por exemplo, a sua empresa pode até chegar à fase de crescimento, mas não ter condições de atingir uma fase de escala na expansão por não ter um mercado suficientemente grande. 

O Diagnóstico aponta isso, e fazer o seu é muito mais fácil do que você imagina. 

Quer identificar a maturidade do seu negócio, entender os pontos críticos de sua operação e ter um plano personalizado para aumentar o valor de sua empresa? Nós podemos te ajudar com isso!

Faça hoje mesmo um diagnóstico gratuito com a Raisy.






Yorumlar


bottom of page